Histórico das Ass. De Deus em Chapadinha

Tudo começou por volta dos anos 50, onde naquele momento a igreja de Chapadinha pertencia a sede de Magalhaes de Almeida. Os homens destemidos e corajosos em uma época em que não tinha transporte, enfrentavam grandes lutas. Mas, o Senhor os honrava com conversões de almas. E uma delas desconhecida chamava-se José da luz, mais conhecido como irmão Florzinho, sendo o primeiro crente convertido pela pregação do primeiro Pastor que desbravou esta região e fez o primeiro trabalho evangelístico, o Pr. Boa Ventura Sousa.

O Avanço do evangelho nesta localidade também contaram com a determinação e coragem dos Pastores Messias Alves Franco e o Evangelista João Evangelista Rodrigues. Homens de visão, guerreiros que ganhavam famílias inteiras e davam assistência aos novos convertidos e os batizava nas aguas. As primeiras famílias tradicionais que se converteram a Cristo foram as famílias de irmão Epidio Santana, a família de irmão Raimundo Carvalho mais conhecido como Raimundo Cabeludo, a família de irmão Elias Rocha e a família de Manoel Machado da Ponte, conhecido como Mano Machado. Este mesmo Mano Machado se tornou o primeiro presbítero consagrado na Igreja de Chapadinha. E a obra do Senhor começou a crescer em nossa cidade.

Os trabalhos eram realizados na casa do irmão Raimundo Carvalho sapateiro da época e hospedeiro dos cultos. E então a igreja conheceu o trabalho do Pastor ANTONIO ALVES PRADO um obreiro dinâmico, de pregação calorosa e conhecido como pregador do avivamento. Sua meta era que todos os crentes buscassem a Deus para receberem o batismo com o Espirito Santo. E a primeira batizada foi a irmã Maria das Graças filha do irmão Raimundo carvalho. Foi um verdadeiro derramamento de poder. Logo depois veio para pastorear a obra do Senhor o Pastor RAIMUNDO SOBRINHO que deixou sua marca no coração dos primitivos crentes daquela época.

E assim a igreja crescia com muitas dificuldades, mas brilhava como um exército com bandeiras.

A história alavancava e Deus deslocou para cuidar do seu rebanho o Pastor ANTONIO DE SOUSA SANTOS que com seu jeito manso prosseguiu a obra do Eterno a cada dia. Os cultos já não comportavam nas casas dos irmãos e foi então que os irmãos Zé Candeira e Li Candeira desistiram de construir suas casas e doaram terreno para ser construída a primeira sede das Assembleia de Deus de Chapadinha, e o Nome de Jesus foi glorificado. A alegria se tornou tão grande que não demorou muito para ser lançada a pedra fundamental para a construção do templo. Foi um dia de festa para aqueles irmãos. O prefeito da época Antônio Pontes de Aguiar se fez presente, um sargento da marinha senhor Gerson que passava pela cidade se fez presente. E também irmãos membro da igreja.

Os irmãos estavam tão felizes que organizaram um mutirão para construir um barracão coberto de palha, sem parede. As dificuldades eram muitas, mas a sede por ouvir a palavra de Deus era maior. E com a ajuda de irmãos Beatriz Pontes, Raimundo Carvalho, Chicuto, irmã Zizi Gomes e outros levantaram as paredes do templo. E o trabalho crescia. Pastor Antônio de Sousa fundou e organizou o coral Acordes do Senhor, criou o Círculo de oração Rosa de Sarom que teve como dirigente irmã Beatriz, irmã Hilda Pontes e irmã Zizi Gomes.

Fundou a escola Betel através de um terreno doado para a Igreja. Organizou o primeiro livro de ata que conta a história das Assembleia de Deus, documento existente até hoje lavrado por irmã Hilda Pontes. Grandes foram as conquistas alcançadas com esforço e garra do saudoso pastor.

Depois quem veio dá continuidade da obra do Senhor foi o Pastor José Ferreira da Silva que com seu jeito caloroso e manso ficou conhecido como o apostolo do amor. Sempre preocupado com a juventude, principalmente as crianças fundou o grupo Cordeirinhos de Jesus e desenvolveu com o saudoso José Viana o primeiro curso bíblico crescendo com Deus. Expandiu a obra do Senhor na sede e na zona rural.

Na década de oitenta chegou para cuidar do rebanho que agora já é bem grande o Pastor JOSÉ RIBAMAR RIBEIRO, homem arrojado e de fibra. Autentico, dinâmico com vasta experiência e muita ousadia. Sua contribuição foi de grande valor para o crescimento do evangelho. Criou e equipou o conjunto Ondas de Louvor, reformou o templo, hospedou a convenção de 1986. Seus pastorado ficou marcado pelas realizações de grandes cruzadas evangelísticas e deixou seu nome registrado na história da Igreja de Chapadinha.

Foi então a vez do Pastor JOSÉ LOPES TEIXEIRA, chamado por todos com carinho de Pastor Zezinho um grande homem de Deus contribuiu por dois anos em Chapadinha. Eloquente servo de Deus teve sua passagem muito rápida. Mais é lembrado por sua sensibilidade espiritual para com todos.

Com a chegada do Pastor ANSELMO CARDOSO CARVALHO, conhecido por sua voz potente e pulso forte, homem guerreiro, também escreveu sua história nesta igreja. Várias congregações foram criadas, intensificou os trabalhos e evangelização. Criou o Vocal Ceifeiros, hoje com 23 anos e com o maior número de jovens em sua composição. Tantos outros vocais foram criados em seu pastorado que não foi tão longo. Foi transferido vindo para seu lugar o Pastor MANOEL GRACIANO DE PAIVA, Pastor Graciano como era conhecido. Homem pacificador, manso que tinha como sua marca seu ensino de vida. Plantou grandes sementes de amizade. Seus ensinamentos ficaram gravados na memória de muitos. Teve seu pastoreio o mais longo de todos durante seus 14 anos. Criou o primeiro programa de rádio da Igreja em Chapadinha o “Voz da Assembleia de Deus”, criou o vocal de adolescente Álamo. Abriu muitos trabalhos em toda cidade. Hoje este querido Pastor dorme no Senhor. Mais tem seu nome na galeria dos grandes heróis desta Igreja.

Quando o Pastor Graciano foi transferido para seu lugar veio o Pr. ELIAS LIMA SOUSA SOUSA.

Pr. ELIAS LIMA SOUSA Esperado com grande expectativa, chegou no dia 5 de Novembro de 2005.Muito autentico e criativa iniciou sua gestão pastoral avivada. Vindo cumprir o seu chamado num momento profético onde abraçou a causa santa do Senhor com o objetivo de alargar a tenda do evangelho do Senhor em Chapadinha. Pr. ELIAS LIMA SOUSA teve como primeiro objetivo construir em seis meses a casa pastoral, construída em tempo recorde. Ao mesmo tempo construiu 11 congregações e logo depois o Templo Central. Criou outros 17 locais de trabalhos que funcionam normalmente. Conhecido como um Pr. Construtor está sempre descobrindo locais para realização de trabalhos. Fundou o Vocal Brasa Viva que também louva no Templo Central e outros. É um grande motivador na área do louvor. A igreja experimenta hoje no seu pastoreio o maior crescimento da sua história em todos os sentidos, no último censo de 2014, foi apontado a quantidade de mais de 12 mil membros (área urbana).

Mas de todas as realizações do seu pastoreio, sem dúvida os dois maiores foram:

A criação do Evento Chapadinha para Cristo, que já consta no calendário oficial do município atraindo milhares de visitantes de outros municípios e de outros estados para a cidade sempre no último final de semana de julho.

A Construção do Grande templo sede da A.D. Chapadinha com capacidade para cerca de três mil pessoas em alto padrão arquitetônico, o terceiro maior do Estado, climatizado, certamente um dos cartões postais de Chapadinha.

Tem procurado cobrir todo o campo de Chapadinha e para isso recebeu ajuda de obreiros Pastores que trabalharam aqui bem como Pr.francisco Mesquita, Pr. Roberto Sousa, Pr. José de Arimateia, Pr. Daniel Machado, Pr. Maciel Rosa, Pr. Natal Soares, Pr. Raimundo Gomes, Pr. Raimundo Nonato, Pr. Paulo Henrique, Pr. Raimundo Mendes, Samuel Sousa Silva.

Hoje tem ajuda dos Pastores Elielson Alves de Sousa, Itamar da Silva Melo, Manassés Bezerra Silva, Itamar Barbosa da Conceição, e Pr Itamar Pereira Coelho. Evangelistas: Ezequias Douglas Silva, Washington Luis Gomes Monteles, Ismael Julião, Luiz Alves dos Santos Neto e Geones Galvão dos Santos Viana.

E de 33 Dirigentes, homens de garra, de oração e de compromisso. Juntos desenvolvem um trabalho esplendoroso e o Nome Do Senhor é Glorificado.

Cada um desses homens de Deus deu a sua contribuição para o surgimento, organização e expansão da obra do Senhor nesta cidade, na conquista de almas, edificação espiritual dos membros, no esforço material e demais aspectos da vida cristã. Praticaram ações enérgicas no desejo de ver o “ide” de Cristo se cumprir de forma abrangente.

(O apanhado deste histórico foi realizado com relatos feitos pelo Pastor Antônio de Sousa ainda em vida, e que hoje descansa no Senhor que nos relatou e ficou em nossos arquivos suas lembranças de dias vividos em Chapadinha. Por Irmã Hilda Pontes que viveu toda a sua caminhada espiritual na Casa do Senhor. Por um cidadão não conhecido mais que relatou a chegada do Evangelho desde seu início.)

Fica o nosso agradecimento a Deus por termos uma linda história das Assembleia de Deus em Chapadinha e pelos dias e dias de busca a relatos e documentos que substanciou este texto.

Wanda Nascimento, Fabricia Nunes, Audileia Castro, Monica Pontes, Zilda Gomes, Walmilene Nascimento enfim a todo Vocal Ceifeiros.